Pinturas

Descrição da pintura de Eduard Manet “Flutist”

Descrição da pintura de Eduard Manet “Flutist”


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A pintura foi pintada em 1866. Poesia e rigor aqui são combinados em um todo indissolúvel. Nós vemos um garoto comum. Ele é uma criança que tem um imediatismo especial e uma importância deliberada. Ele está vestido com calças vermelhas e um uniforme azul.

As roupas criam um contraste nítido em duas cores. Manet estava muito interessado nos detalhes de diferentes trajes, e é por isso que personagens de várias roupas incomuns aparecem em muitas de suas pinturas. O próprio artista também gostava de trocar de roupa. Quão encantadora é essa criança. A pintura de Manet é incrivelmente encantadora. As cores são tão simples que uma harmonia incrível é criada. A figura do garoto parece incrivelmente simples. O ambiente em torno do herói da imagem é muito misterioso. O fundo é quase plano, e a linha do horizonte não é absolutamente sentida. O fundo simplesmente evaporou, e a figura do garoto é cercada por um véu invisível. Toda a atmosfera é criada a partir de algo que não está sujeito à realidade comum, mas é nisso que nasce a verdadeira pintura e sua incrível poesia. Manet pintou uma imagem no estilo de gravuras japonesas. Sua especificidade consistia precisamente no fato de que as figuras tinham uma silhueta muito clara, e toda a situação ao redor era apenas ligeiramente delineada e só podia ser adivinhada. O pano de fundo deste trabalho é absolutamente plano, e aqui detalhes de natureza secundária não são importantes. O salão de 1866 rejeitou categoricamente esse trabalho do artista, acreditando que lhe faltava muito volume e ar, e também não tinha perspectiva. Os críticos chamavam o garoto flautista de macaco, que parecia estar preso a uma parede mal adivinhada. O artista retratou um flautista muito real da orquestra, que ele especialmente representou. Acredita-se que o rosto do garoto que Manet escreveu de seu filho.





Expulsão do Paraíso Masaccio


Assista o vídeo: EDOUARD MANET -El Bar del Folies Bergere Obras Maestras de la Pintura Universal (Pode 2022).