Pinturas

Descrição da pintura de Karl Bryullov "O último dia de Pompéia"

Descrição da pintura de Karl Bryullov


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A viagem do jovem artista russo Karl Bryullov à Itália em 1827 tornou-se significativa não apenas para o próprio mestre, mas para a pintura do mundo inteiro. Alimentando-se das impressões do que foi visto no local da outrora próspera cidade de Pompéia destruída pelo Vesúvio, o jovem autor cria uma obra-prima da arte mundial, a grandiosa pintura "O Último Dia de Pompéia".

A imagem foi criada ao longo de 3 anos. Ao mesmo tempo, Bryullov ficou exausto. E, finalmente, seu plano foi realizado. A imagem combina o mundo do perigo iminente e como as pessoas se comportam de maneira diferente diante da morte.

Aqui, o jovem Plínio convence uma mãe que caiu no chão a se levantar e fugir do perigo. Em seguida, os filhos carregando o pai velho tentam salvá-lo em um lugar seguro. Imediatamente, um homem que levantou a mão para o céu, tenta proteger sua família. Ao lado dele, uma mulher-mãe está de joelhos com filhos que buscam sua proteção e ajuda.

Aqui está um padre cristão com atributos divinos. Ele é calmo e destemido diante do perigo iminente. Um servo de Deus olha para o céu ardendo em fogo que tudo devora, desmoronando sob o tremendo poder das estátuas de antigos ídolos.

Nas profundezas da tela, aparece um sacerdote pagão que, com medo, está tentando escapar e levar consigo o altar sagrado. Nesse contraste, a idéia do significado da fé cristã, que substitui o pagão, é traçada.

Ao fundo, à esquerda, Bryullov atrai uma multidão de fugitivos, entre os quais se destaca a figura de um artista salvando objetos de sua arte. Neste artista, o autor se retratou.

No primeiro plano da tela, há uma mulher deitada no chão e um bebê de luto por ela. O simbolismo desta imagem é mudar uma vez para outra.

Na maravilhosa tela de Karl Bryullov, o espectador encontra respostas para perguntas eternas sobre o destino do homem, sobre seu papel no mundo e na história.





David, a morte de Marat


Assista o vídeo: SpaceX e ELON MUSK: Tecnologia e capital se complementam ou se opõem? EP #51 (Pode 2022).